terça-feira, 19 de junho de 2018

DeAnima - alma italiana do pequeno fabricante de bicicletas

 
Não preciso dizer que italiana tem uma tradição de fabricar bicicletas especiais de ciclismo. Alguns nomes são bem conhecidos e suas bicicletas são verdadeiras obras de arte. Melhor, como uma maravilhosa massa caseira que só se entende a qualidade única na primeira garfada a boca. Quem já teve o prazer de pedalar uma destas bicicletas descobre a razão para tamanha mística nos primeiros metros de pedal. Bicicleta tem alma, e quem lhes dá alma, misto de mágicos e semi deuses.
https://pelotonmagazine.com/video/deanima-italian-soul/
https://pelotonmagazine.com/

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Inglaterra 1961: uma família faz um passeio de bicicleta

Os efeitos da Segunda Guerra Mundial, que devastou a Europa e boa parte do planeta, ainda eram bem vivos em 1961, 16 anos depois da decretação da paz. A economia do Reino Unido nesta época ia bem, mas havia muito a reconstruir, o dinheiro era curto. Como em toda Europa a bicicleta teve uma participação importante na reorganização econômica e social da população. O sistema de transporte já estava funcionando normalmente e custo de carros e motos caía, o que foi colocando a bicicleta em segundo plano para o transporte das massas. A qualidade das bicicletas, já muito afetada pela escassez de bom material para sua fabricação e a prioridade dada a outros setores da economia, foi se deteriorando até ter sua pior fase nos anos 70, quando a prioridade estava completamente voltada para os veículos motorizados, que tiveram importância estratégica na reconstrução da macroeconomia mundial.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Donkey Bike - como a primeira bicicleta de segurança

Esta Donkey Bike é basicamente a primeira bicicleta segura, que não capotava de frente com tanta facilidade como um biciclo. A bicicleta de segurança foi criada nos EUA e não passava de um biciclo invertido, ou seja, o ciclista pedalava sentado sobre a roda grande, mas com a roda pequena reposicionada para a frente. Há uma foto desta descendo a escadaria do Capitólio em Washington. Este projeto é, de certa forma, o início de uma nova era, a da bicicleta como conhecemos hoje.
Interessante é que donkey significa asno, jumento; um leve humor tipicamente inglês.
Desenhos exóticos de bicicleta foram criados aos montes. Não resta dúvida que a melhor solução é a do quadro diamante, a bicicleta mais comum. O povo sabe.



quarta-feira, 16 de maio de 2018

NY e o amor secular pela bicicleta


Desconheço a origem do texto.
Nunca tinha visto os termos “swift walkers,” e “dandy horses” para designar uma bicicleta. Dandy horses é bem gosado, já que a bicicleta virou moda no meio dos almofadinhas ou mauricinhos.
 
NYT One hundred and 99 years ago, New York City began its love affair with : bicycling.
Bicycling at Fifth Avenue and 124th Street in 1897.
Bicycling at Fifth Avenue and 124th Street in 1897. Bettmann, via Getty Images
One hundred and 99 years ago, New York City began its love affair with another sport: bicycling.
The first bicycles — known then as “swift walkers,” “velocipedes” or “dandy horses” — were introduced to the United States in 1819 here in New York City.
The proto-bikes had wooden frames, wooden wheels covered in leather and seats that allowed riders to dangle their legs on either side and push themselves along. (As you can imagine, riding one looked awfully silly.)
And it didn’t take long for our city to regulate the new contraptions.
By August 1819, the Common Council passed “a law to prevent the use of velocipedes in the public places and on the sidewalks of the City of New York.”
The skirmish between the city and cyclists continues. A group of e-bike activists gathered this week at City Hall demanding that the city clarify laws surrounding pedal-assist bikes. They say the police use the laws to punish food delivery workers.

modelos de bicicletas entre 1818 e 1890; e mais

A evolução completa do desenho da bicicleta, desde a draisiana até as bicicletas de hoje. A grande mudança se dá com o surgimento das bicicletas de segurança que resolveram o grave problema de segurança dos biciclos, as bicicletas de pedal na grande roda dianteira. Eram difícil de pedalar e muito fácil se machucar com elas, mesmo assim tiveram seu tempo de glória chegando a ser um fenômeno social mundo afora.




terça-feira, 15 de maio de 2018

bicicleta década 50 (?) com motor a gasolina no central

Esta maravilhosa bicicleta com motor a gasolina no central, provavelmente da década de 50, está na vitrine de uma farmácia na Piazza Vittorio Veneto, em Verona, Itália. A transmissão é feita exatamente da mesma forma que os moderníssimos motores elétricos da Bosch e Shimano, através da corrente do pedal. O motor fica posicionado em baixo do movimento central o faz com que centro de gravidade também fique baixo, a melhor solução. Normalmente os motores a gasolina para bicicleta daquela época ficavam presos no meio do triângulo dianteiro e usavam uma segunda corrente para fazer a transmissão do motor para a roda, o que muda completamente a estabilidade e dinâmica do rodar da bicicleta. A posição do motor desta bicicleta italiana é a melhor opção. 





De lambuja fotos desta maravilhosa Indiana, que mesmo com este nome é Italiana. Está a venda