quarta-feira, 24 de agosto de 2011

bicicleta de estrada e pedais de encaixe para iniciante

Nome: R H
Altura: 1,80
Mensagem: Caros,

Estou querendo comprar uma Caloi 10 nova para me exercitar. Também estou querendo comprar os pedais de encaixe e uma sapatilha, nada muito caro, visto que é o início de uma atividade. Vocês poderiam me dizer quais os modelos de melhor custo-benefício?
--------------- --------------------------------------------------
R
bom dia

Você tem 1,80m e Caloi 10 é pequena para você. Eu não recomendo a compra de uma bicicleta de estrada fora do tamanho correto para o ciclista. É um erro que você não deve cometer. Se você quer começar da maneira correta no ciclismo procure uma bicicleta própria para seu tamanho, que imagino deva ser uma tamanho 57. Eu tenho 1,83 e uso 58.
Também não recomendo que alguém sem prática de condução em bicicleta de estrada, que tem uma técnica bem específica, use pedais de encaixe. Pedais de encaixe é causa de muitos acidentes com novatos.

O ideal é que compre uma bicicleta do tamanho correto para você e comece a pedalar com os pés soltos; e só com bastante prática, quando se sentir plenamente seguro, passe a usar os pedais de encaixe. O bom ciclista de estrada sabe que respeitar a técnica correta, que tem etapas de aperfeiçoamento, é o único caminho para ter resultados.

Se você quer só se exercitar compre uma boa mountain bike tamanho 21 e coloque pneus mais finos e de alta pressão, que tem mais aderência que os pneus de uma bicicleta de estrada e são muito menos suscetíveis a furos.

Arturo Alcorta
Escola de Bicicleta
www.escoladebicicleta.com.br

colocar suspensão numa bicicleta básica

Nome: J M
Idade: 37
Altura: 1,90
Mensagem: Comprei uma bicicleta aro 26 e 15 marchas nos Estados Unidos para os fins de semana. Durante a semana pedalo na cidade e no fim de semana vou para a estrada de terra. Estou pensando em colocar uma suspensão dianteira nela. Vale a pena?
-----------------------------------------------------------------
J M
bom dia

Não vale a pena. Estas bicicletas de 15 marchas, que são modelos básicos de mercado, têm especificações técnicas que fazem que não seja recomendável qualquer modificação, principalmente a colocação de uma suspensão. Mesmo que encontre uma suspensão de boa qualidade compatível com sua bicicleta, o que duvido, o equilíbrio da bicicleta vai mudar muito, principalmente na terra. Não faça a modificação.
Você tem 1,90m, o que demanda uma bicicleta bem grande, tamanho 22. Recomendo que compre uma bicicleta nova, própria para mountain bike, mesmo que seja em estrada de terra sem grandes desafios. Não é muito fácil encontrar uma bicicleta deste tamanho no nosso mercado, mas vale a pena.

Arturo Alcorta
Escola de Bicicleta
www.escoladebicicleta.com.br

terça-feira, 23 de agosto de 2011

cuidados com longa viagem

Nome: J E P
Idade: 46 ANOS
UF: MT
Mensagem: Não conhecia o site, entrei e adorei. Muito legal mesmo. Gostaria, se possível depois de tudo que li, se ainda há algo pra nos orientar. Sou médico, estava sedentário e estou pedalando há 3 meses. Tenho projeto junto com dois amigos (40 e 41 anos) de pedalar até Aparecida-SP saindo de nossa cidade, num total de 1.640 km.
Quais os cuidados que devemos ter com alimentação e dicas para pedalar. Somos todos leigos e toda ajuda é bem vinda.
Existe alguma coisa concreta sobre problemas prostáticos causado por pedalar?
E
-----------------------------------------------------------------
J E
bom dia

Obrigado pelo comentário

Deixo uma dica que é muito importante para você que é médico e que pedalar longas distâncias: COMPORTE-SE! Explicando melhor: por ser diabético e ter vários amigos médicos, sei que vocês, nobres médicos, costumam cuidar dos outros com carinho, mas exceder consigo próprios. Por trabalhar com segurança no trânsito, o que me fez ter contato com especialistas de atendimento de emergência, sei que o índice de médicos que exageram é alto, bem acima de pessoas comuns. Portanto, recomendação número zero: pense em si próprio como uma pessoa comum, não como um médico. Pedale como uma pessoa comum, não como médico. Já vai ajudar muito.

Alimentação e dicas para pedalar recomendo a leitura das páginas http://www.escoladebicicleta.com.br/alimenta.html ; e http://www.escoladebicicleta.com.br/melhor.html#distâncias e http://www.escoladebicicleta.com.br/longe.html. Caso ainda tenha alguma dúvida escreva.

Se esta história de próstata fosse verdade a China, Índia, e outros países com forte uso de bicicleta não teriam a população que tem. E países Europeus, que tem grande preocupação com saúde pública e dinheiro para gastar, teriam proibido o uso da bicicleta. Conheço bem esta história porque ela se iniciou com um picareta que queria fazer sucesso rápido, e conseguiu. E acaba por ai.
A verdade é que se a bicicleta for do tamanho correto para o ciclista, estiver bem ajustada, e o selim for o correto para o ciclista e uso que se fará dele, o pedalar acaba sendo confortável, sem qualquer problema. Só se tudo estiver errado é que pode causar alguma dor ou dormência, mas os problemas que a imprensa cai na mais pura mentira. Olhe para a China e tire suas conclusões

Sobre a viagem em si fica a recomendação que as primeiras etapas sejam curtas, com várias paradas, com calma. Deixando o corpo se adaptar no final vocês terminarão melhor do se saírem na disparada. A velha fábula do coelho e da tartaruga.

Entrem em contato com o Clube de Cicloturismo do Brasil que são ótimos e também pode orientá-los

Arturo Alcorta
Escola de Bicicleta
http://www.escoladebicicleta.com.br/

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

motorista de ônibus imprudente e reclamação oficial

Indo para uma palestra na Universidade Federal do ABC de Santo André, tomei um susto com a fina que um motorista me deu. Normalmente deixo para lá porque na porque estas coisas infelizmente acontecem no trânsito e hoje tenho certeza que ficar reclamando só piora nossa própria segurança, principalmente como ciclista. Mas a situação se repetiu mais de uma vez demonstrando que o motorista e o cobrador estavam se divertindo com as imprudências. Anotei o número do ônibus e horário do acontecido e no dia seguinte, com calma, telefonei para a EMTU. Fui bem atendido e o resultado está ai, na seqüência desta.
Não tenho a menor dúvida que vale a pena reclamar, mas com bom senso e sabedoria. Pressionar com inteligência é a única saída para esta loucura que estamos vivendo em todos aspectos, da violência no trânsito aos desmandos políticos, da qualidade da bicicleta ao desrespeito a nós consumidores. Liberdade e integridade só vêm com pressão. Mas se distanciam com agressão.
Fica aqui meu agradecimento à EMTU pela providência tomada.

Arturo Alcorta
Escola de Bicicleta

São Bernardo do Campo, 11 de agosto de 2011
Prezado Cliente

Em referência à sua manifestação, registramos a(s) notificação(ções) a seguir:


 17876/2011 
 Reclamação 
 Motorista efetuar manobras perigosas 


E, após apurações necessárias, a EMPRESA AUTO ÔNIBUS SANTO ANDRÉ LTDA esclarece que o motorista envolvido na reclamação foi convocado para esclarecimentos, ocasião em que foi orientado quanto às normas e procedimentos da empresa, ficando ciente que na reincidência sofrerá medidas mais severas.

Atenciosamente,
ANTONIO ARNALDO BELAZ JUNIOR
Central de Atendimento ao Cliente

Rua Joaquim Casemiro,290 - Jd. Planalto - S. B. Campo - SP CEP 09890-050 Tel.:0800 724 05 55 Fax.:(11)4341-1120 Internet:www.emtu.sp.gov.br

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

calcinha debaixo da bermuda

Nome: M O M
Idade: 41
UF: PE
Mensagem: É verdade que não se deve usar roupa íntima (calcinha) por baixo da bermuda para pedalar e competir?
-----------------------------------------------------------------
M
bom dia

O ideal é não usar. A Bycicling, maior revista sobre bicicletas nos Estados Unidos, teve uma matéria a respeito e a recomendação é para não usar. O motivo principal é que os elásticos da roupa íntima podem machucar a (ou o) ciclista. Em provas de longa distância calcinhas e cuecas podem incomodar depois de um tempo. Há um diferença muito grande entre vestir-se para pedalar nas ruas, tranqüilo, sem grandes esforços, e competir.
Como exemplo conto que havia lido para proteger os mamilos com um adesivo, Band-Aid, ou esparadrapo, e não o fiz. Quando terminei a meia maratona olhei para minha camiseta branca e fiquei assustado porque estava completamente cor de rosa. Foi ai que notei que o raspar da camiseta simplesmente lixou meus mamilos. Já tive experiências menos traumáticas com elástico de cueca, mesmo assim bem desagradáveis.

A outra questão é social: muitas bermudas fazem com que a calcinha fique muito exposta, chamando muito a atenção de quem vem atrás, o que pode chegar a ser um problema. Outro dia, à noite, uma das participantes do Saia na Noite, www.saiananoite.com.br , passou por uma situação destas e não foi muito legal.
Estou copiando Teresa D'Aprile, que é do Saia na Noite

Arturo Alcorta
Escola de Bicicleta
www.escoladebicicleta.com.br

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

ir de bici comunitária até a faculdade

Nome: R
Idade: 23
Cidade: São Paulo
Mensagem: Experimentei ir de bicicleta comunitária de casa para a Faculdade, entre as estações do metrô Paraíso e Sé.

Há faixa para motos no percurso e fui e voltei por ela. Não me senti ameaçado em nenhum momento. Foram viagens extremamente agradáveis e, ao meu ver, seguras. Devo continuar desse modo ou andar na faixa à direito junto aos carros? Qual a melhor opção?

Obs.: Todos meus amigos e familiares fizeram/fazem terrorismo quanto à utilização da bike. Espero que eles estejam errados... hehe

Muito Obrigado
-----------------------------------------------------------------
R
boa noite

A maioria dos acidentes, aqui ou qualquer parte do mundo, tem como responsável o próprio ciclista. Todos os números mostram que um ciclista que pedala com tranqüilidade, respeitando as regras e sendo cordial, reduz muitíssimo a possibilidade de acidentes. Se você for suave com a bicicleta e com o trânsito as coisas costumam ir bem, sem grandes problemas. Uma besteirinha aqui, outra ali, sempre acontece; mas passando a borracha e ficando em paz pedalar como transporte é muito bom. Aliás - ótimo!

Eu  pedalo direto no trânsito desde 1978 e só tive 3 acidentes. No primeiro eu o motorista ficamos olhando para uma mulher que cruzou a rua. No segundo fui atropelado por um amigo... (sem conseqüências para mim, mas a bicicleta entortou). No último um carro deu um totó bobo na traseira, numa esquina, praticamente parados, e cai de bunda.  O que posso dizer é que conflitos sempre vão existir. De vez em quando passo por situações típicas de nosso trânsito. Algumas não são exatamente legais, mesmo assim vale a pena. Vai depender de você o tamanho e gravidade destes conflitos.
Ir para avenida sem prática eu não recomendo. Pedalar em locais tranqüilos sempre dá bons resultados. Enfim, dá para ir com segurança. Posso dizer um sem números de pessoas que usam bicicleta com grande prazer e sem problemas.

Eu não recomendo pedalar na faixa de motos. Minha experiência me diz que os motociclistas são muito mais agressivos e perigos que os motoristas. Principalmente na descida não recomendo. Aprende a se comunicar com os motoristas que eles vão te entender e respeitar.
Você desceu pela Vergueiro -  av. Liberdade? Eu prefiro ir à direita, tomando muito cuidado com as portas abrindo e com as conversões à direita. Ou encontrar um caminho alternativo, que sempre existe.

Terrorismo fazem comigo. É normal. Tudo que você fizer que é fora da regra vão te questionar. Faz parte de uma sociedade que tem pouca cultura cidadã e urbana, como a nossa.

Procura no Google um "bike anjo" para te acompanhar um dia. Provavelmente aprenderá uma série de dicas que melhorarão muito sua segurança

Arturo Alcorta
Escola de Bicicleta
www.escoladebicicleta.com.br

bicicleta para recuperar tendão de aquiles

Nome: P A
Idade: 46
Altura: 1,63
Cidade: J
UF: BA
Mensagem: Parabéns pelo site. Os textos são suaves e bem claros.
Amigos, rompi o tendão de aquiles no futebol e pretendo mudar de esporte assim que me recuperar da cirurgia. Acho o ciclismo muito interessante e gostaria de saber a bicicleta nacional ideal para começar. Minha cidade tem muitas ladeiras zangadas mesmo e a pavimentação é de paralelepípedos. Que bicicleta vocês me indicariam entre 400 e 700 reais? Abraço.
-----------------------------------------------------------------
P

Desculpe pela demora na resposta
Obrigado pelo comentário

Eu comecei a pedalar para valer depois de estourar o joelho num futebol. Sei bem o que você está passando. Melhoras. Passo minha experiência para você que creio vá ajudá-lo na recuperação.

Comece a pedalar no plano numa marcha bem solta, que não force em nada o tendão. Use o selim na posição ideal para você, ou um pouco mais alto, e tome cuidado ao parar. Evite apoiar o pé machucado no chão nas paradas. Lembre-se sempre de primeiro parar a bicicleta por completo, depois coloque com calma o pé são no chão. Não dê freadas bruscas.Ao pedalar gire com suavidade o pedal, de preferência usando umas duas marchas mais solta que normalmente costuma pedalar. O ideal seria que no começo você procure pedalar em um asfalto liso, ou cimento, para não correr o risco do pé se machucar com os trancos dos buracos. De preferência pedale pequenas distâncias, pouco tempo mesmo. Quando começar ir mais longe faça intervalos seguidos de descanso. Aliás, misturar exercício com descanso faz muito bem para a musculatura.
Recomendo que  as primeiras pedaladas sejam realizadas apoiando o calcanhar no pedal. Com o tempo e certeza do fortalecimento e recuperação, vai trazendo o apoio do pé para a posição correta, ou seja, com o pé mais para trás, até chegar com eixo do pedal passando pela linha entre o dedinho e joanete. Sempre com o pé tocando suavemente o pedal.
O importante para o sucesso da recuperação é efetivamente girar a perna sem forçar. Vá aumentando o tempo sobre a bicicleta e o esforço bem devagar. Quanto mais calma você tiver para recuperar o tendão e a musculatura melhor será no futuro. Subidas, de preferência leves, só bem mais para frente. Calma é regra de ouro nestes casos.

Eu não recomendo nenhuma bicicleta abaixo dos R$ 700,00. Na faixa de R$ 700,00 só é recomendável bicicletas sem qualquer suspensão. O problema que neste preço não creio que exista qualquer modelo (tamanho 17) próprio para sua altura. O ideal seria fazer um esforço para chegar nos R$ 1.200,00 (parcelados) e comprar uma bicicleta tamanho 17 só com suspensão dianteira, que ai ela teria realmente boa qualidade. Você vai ter opções da Caloi, Soul, que são nacionais, e KHS e Diamond Back importadas.Não há diferença de preço entre as nacionais e importadas.
Evite comprar uma bicicleta grande e acabar tendo problemas na coluna (lombar). Médico e fisioterapia sai muito mais caro que uma boa bici.

Arturo Alcorta
Escola de Bicicleta
www.escoladebicicleta.com.br